Categoria: Recreação

O lugar dos bebês: seguro e educativo – Curso de Berçarista

A demanda por vagas em creches sempre foi grande no Brasil. Mesmo assim, a oferta das redes públicas só começou a aumentar de forma significativa nos últimos anos – principalmente depois de 2007, quando a Educação Infantil passou a receber o repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em 2009, por exemplo, houve o acréscimo de 8,3% nas matrículas de crianças de até 3 anos em relação a 2008, segundo dados do Censo Escolar.

Mais do que um lugar para as mães deixarem os filhos enquanto trabalham, a creche é um espaço que tem papel importante no desenvolvimento dos bebês. É lá que, por meio de brincadeiras e da interação com os adultos e outras crianças, eles podem explorar objetos usando a imaginação, interagir e expressar-se por meio da linguagem oral, obter domínio do corpo e destreza com os desafios corporais propostos pelos professores, descobrir o ambiente, construir a identidade e a autonomia e aprimorar as linguagens plástica, musical e corporal.  “As atividades e o espaço devem ser pensados de forma a estimular todas essas habilidades nos pequenos”, explica pedagoga.

A sala de atividades é o lugar em que os pequenos mais devem ficar e se divertir. Por isso, tem de ser acolhedora e não inibir a movimentação. Os brinquedos são itens obrigatórios, pois, além de divertir, ajudam a desenvolver a coordenação motora, a imaginação e a interação. Utensílios simples ou de material reciclável são os mais indicados desde que não sejam feitos com peças pequenas.

Fonte: Revista Nova Escola – Gestão Escolar p. 38

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento e Recepção Clinica em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Cuidadodor de idosos em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos, curso de Recepção Clínica Hospitalar em Santos, curso de Planos e Projetos Pedagógicos em Santos. Cuidador de Idosos . Cursos Profissionalizantes

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/fasabsantos

Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos

Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe será nos dias 17 e 24 de OUTUBRO de 2020 das 09:00h às 18:00h. com apostila e certificado.

Valor: R$ 250,00

Carga Horária – 16h (2 sábados)

Módulo I –

- O Papel do educador

- Funções da Berçarista e Auxiliar de Classe

- Desenvolvimento Infantil de 0 a 6 anos

- Noções básicas de Piaget

- Outras Linhas educacionais

- Brincadeiras e Jogos (com espaço para aula prática)

- Formação de bons hábitos

- Postura profissional

- Família, escola e criança

Módulo II –

- Noções de Primeiros Socorros (aula prática)

- Noções médicas e doenças infantis

- Prevenção de acidentes

- Higiene com os utensílios da criança

- Banho do RN (aula prática)

- Cuidados com o Bebê e com a criança maior

Módulo III –

- Noções básicas de nutrição

- Importância da alimentação saudável

- Noções de Higiene

- Diferenças entre os leites

- Esterilização de mamadeiras

- Definição de nutrientes, proteínas, micronutrientes

- Microbiologia

Mais detalhes e inscrições pelo telefone 13-3227-4312 e 13-981705081  ou pelo site: www.faculdadedosaber.com.br

CURTAM A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos profissionalizantes em Santos, Curso de Lactarista em Santos, Curso de Contação de Histórias em Santos, Curso de Recreação em Santos; Cuidador de Idosos; Faculdade do Saber; Cursos Profissionalizantes; Curso de Inclusão Escolar; Recepção Clinica Hospitalar

Como incentivar seu filho a brincar

Estabelecer um horário diário ou semanal para brincar com seu filho é o primeiro passo para garantir que ele faça esta atividade com frequência. Muitos pais lotam a agenda dos filhos com afazeres extracurriculares, o que extingue o momento da brincadeira. “Toda agenda de criança deve ter um espaço diário para não fazer nada – é aí que surge o espaço para brincar”, orienta Áderson.

Participar da brincadeira dos filhos também dá uma vantagem aos pais: conhecê-los melhor. Como a criança se expressa brincando, os pais observadores descobriram as vulnerabilidades e os pontos fortes de seus filhos. “Brincar juntos aumenta o grau de confiança e o vínculo entre pais e filhos”, diz.

Dar brinquedos de diferentes materiais e tipos também é recomendável. Por isso, nada de entupir a menina só com bonecas e chegar com um carrinho debaixo do braço a todos os aniversários do menino. As crianças precisam experimentar de tudo. “Cada brinquedo traz uma mensagem e vai despertar o interesse e a curiosidade de alguma forma”, ressalta Ruth.

O importante é o brincar, e não o brinquedo. É possível improvisar brinquedos com uma fruta, uma caixa de papelão vazia ou o que quer que esteja à mão. E não se preocupe se não puder dar a seu filho aquele carrinho movido a pilhas de última geração. “Só na visão do adulto um brinquedo eletrônico é divertido. Para a criança, brinquedo que brinca sozinho é enfadonho”, completa Tião.

Fonte: brincadeiras

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Copeira em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar e Libras em Santos, curso de Recepção Clínica Hospitalar em Santos, curso de Planos e Projetos Pedagógicos em Santos.

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/fasabsantos

- See more at: http://www.faculdadedosaber.com.br/blog/#sthash.4D1oR832.dpuf

4 brincadeiras para quando seu filho está doente

Heide Benser/Corbis

1) HISTÓRIA DE FANTOCHES: Pegue todos os que seu filho tiver. Vale os de mão ou de dedo para criar uma história nova com muitos personagens. Você pode começar, depois ele inventa um pedaço, você continua e assim por diante.

2) BONECO DE PAPEL: Peça para seu filho amassar folhas de jornal e encha uma camiseta branca dele – das mais velhinhas. Depois, costure a base da camiseta. Para personalizar, deixe seu filho fazer um desenho na roupa do novo amigo.

3) RELEMBREM FOTOS E VÍDEOS: Aproveite que ele precisa descansar e faça a tarde das recordações. Mostre fotos e vídeos dos aniversários dele, fale sobre os amigos, os parentes, a decoração da festa. Ele vai adorar se reconhecer nas fotos.

4) CAMPEONATO DE MASSINHA: Reúna todos os potes de massinha para começar a brincadeira. Vocês devem criar personagens e objetos para compor uma história. Outra ideia é cada um montar a sua criação para o outro adivinhar.

Fonte: crescer

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos, curso de Excelência no Atendimento e recepção Clinica em Praia Grande, curso de Recepção Clinica Hospitalar em Santos, curso de Copeira em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Lactarista em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos, curso de Recepção Clínica Hospitalar em Santos.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

O brincar…

Qual a importância do brincar para a criança?

Kathleen Alfano: Segundo estudos acadêmicos e minha própria observação, crianças que brincam são mais bem ajustadas. É por meio da brincadeira que elas aprender a resolver problemas. Elas aprendem a dividir, a se defender, a falar – tudo através da brincadeira. Elas resolvem problemas e treinam o pensamento criativo. Então, quem brinca acaba sendo, segundo estudos, uma criança mais bem ajustada e um aluno melhor.

O brinquedo ajuda a brincadeira a acontecer. A brincadeira acontece sem os brinquedos, mas eles facilitam a brincadeira. Quando você tem um brinquedo adequado para a idade, baseado nas habilidades de desenvolvimento da criança, eis uma combinação perfeita.

Hoje em dia, essa importância da brincadeira é subestimada?

Kathleen Alfano: Sim. Há uma percepção geral de que brincar é algo que as crianças fazem só para passar o tempo. Mas na verdade, brincar tem um papel fundamental no desenvolvimento infantil. É a maneira da criança sentir-se livre para experimentar, descobrir e explorar. Algumas pré-escolas daqui [dos Estados Unidos] querem tirar o horário livre da grade diária e estamos tentando impedi-los de fazer isso. A criança precisa ter um tempo livre para brincar.

Fonte: delasig

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de Contação de Histórias em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Recreação em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos, curso de Recepção Clínica Hospitalar em Santos.

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/fasabsantos

A importância do brincar

Reunimos algumas recomendações de especialistas sobre as brincadeiras mais adequadas para cada faixa etária. O desenvolvimento infantil é individual, mas as crianças passam, cada uma a seu tempo, pelas fases abaixo. Todas as atividades devem ser desenvolvidas sob supervisão de um adulto e nos ambientes adequados.

Até os 2 anos
Nesta fase, a brincadeira tem que estimular os sentidos. Correr, puxar carrinhos, escalar objetos, jogar com bolinhas de pelúcia são atividades recomendadas.

3 a 4 anos
Começam as brincadeiras de faz de conta. As crianças respondem a brincadeiras de casinha, de trânsito, de escolinha e de outras atividades cotidianas.

5 a 6 anos
Os jogos motores (de movimento) e os de representação (faz de conta) continuam e se aprimoram. Surgem os jogos coletivos, de campo ou de mesa: jogos de tabuleiro, futebol, brincadeiras de roda.

7 anos acima
A criança está apta a participar e se divertir com todos os tipos de jogos aprendidos, mas com graus de dificuldade maiores.

Fonte:

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos, curso de Excelência no Atendimento e recepção Clinica em Praia Grande, curso de lactarista em Santos, curso de Copeira Hospitalar em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Lactarista em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

FELIZ ANO NOVO!!!

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de Shantala em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Cuidador de Idosos em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos, curso de Recepção Clínica Hospitalar em Santos, curso de Planos e Projetos Pedagógicos em Santos.

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/fasabsantos

Crianças podem se maquiar?

O uso de maquiagem por crianças costuma ser criticado como um movimento de sexualização precoce, mas muitos adultos se esquecem da função lúdica da pintura.

Não é comum vermos meninas brincando de casinha? Isto não quer dizer que elas estejam ultrapassando os limites da idade, mas apenas encarnando um personagem. O mesmo vale para a maquiagem. .Se ela está entrando na fantasia, usando a imaginação, é proveitoso. O que não pode é a criança usar maquiagem para ir à escola ou acompanhar a mãe ao supermercado.

Ter cuidado em deixar a criança usar a maquiagem apenas de maneira lúdica é importante, mesmo quando a brincadeira, de vez em quando, é imitar gente grande. A filha que quer usar maquiagem igual à mãe, por exemplo, deseja sentir como é ser uma pessoa que ela admira, e esse movimento não precisa ser impedido.

Fonte: ig.com.br

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Lactarista em Santos, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Santos.

Como e por que amar os poemas

  shutterstock

1. Trabalhar ou brincar com a palavra não é apenas rimar “mão” com “não”: busque textos com versos criativos, que sejam divertidos, emocionantes, surpreendentes, e – por que não? –, até meio malucos!

2. Para ter em casa, evite obras que, por algum tipo de intenção didática ou de ensinar algo, abandonem a criatividade ou qualidade do texto.

3. Leiam em voz alta para irem reconhecendo juntos as construções linguísticas (mesmo a criança sendo pequena, ela já pode ir se habituando, como um treino para depois).

4. Deixem-se levar pela sonoridade dos versos, repetindo os mais interessantes, vendo o que mais chamou a atenção. Divirtam-se com eles, não procurem sempre um sentido. É arte.

Fonte: crescer

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento e Recepção Clinica em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Cuidador de Idosos em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

O lugar dos bebês: seguro e educativo

A demanda por vagas em creches sempre foi grande no Brasil. Mesmo assim, a oferta das redes públicas só começou a aumentar de forma significativa nos últimos anos – principalmente depois de 2007, quando a Educação Infantil passou a receber o repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em 2009, por exemplo, houve o acréscimo de 8,3% nas matrículas de crianças de até 3 anos em relação a 2008, segundo dados do Censo Escolar.

Mais do que um lugar para as mães deixarem os filhos enquanto trabalham, a creche é um espaço que tem papel importante no desenvolvimento dos bebês. É lá que, por meio de brincadeiras e da interação com os adultos e outras crianças, eles podem explorar objetos usando a imaginação, interagir e expressar-se por meio da linguagem oral, obter domínio do corpo e destreza com os desafios corporais propostos pelos professores, descobrir o ambiente, construir a identidade e a autonomia e aprimorar as linguagens plástica, musical e corporal.  “As atividades e o espaço devem ser pensados de forma a estimular todas essas habilidades nos pequenos”, explica pedagoga.

A sala de atividades é o lugar em que os pequenos mais devem ficar e se divertir. Por isso, tem de ser acolhedora e não inibir a movimentação. Os brinquedos são itens obrigatórios, pois, além de divertir, ajudam a desenvolver a coordenação motora, a imaginação e a interação. Utensílios simples ou de material reciclável são os mais indicados desde que não sejam feitos com peças pequenas.

Fonte: Revista Nova Escola – Gestão Escolar p. 38

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos, curso de Recepçaõ Clinica Hospitalar em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Copeira em Santos, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos,

CURTE A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Atitudes do dia a dia que estimulam o desenvolvimento das crianças

Incentivar a criança a dançar

Quando tocar músicas, peça que ela dance; se a criança for muito pequena e não souber como, faça alguns passos e diga para ela imitar. “A dança desperta a conscientização em relação aos próprios movimentos”, justifica a educadora Gilda Rizzo.

Montar quebra-cabeças desde bebê

Escolha um modelo adequado à faixa etária da criança e brinque com ela de juntar as peças. “O quebra-cabeça é um dos jogos mais abrangentes, pois trabalha a coordenação motora e motiva por meio das formas das peças e das cores do desenho a ser montado”, afirma Julia Manglano.

Auxiliar em todas as etapas até começar a andar

Quando bebê, coloque seu filho sentado no chão, com o apoio de almofadas. Na fase de engatinhar, deixe-o em ambientes amplos, em que ele possa se deslocar. Quando o primeiro aniversário se aproximar, segure-o pelas mãos para ele adquirir firmeza nas pernas e começar a andar. “Sem o estímulo adequado, o desenvolvimento fica defasado. A criança precisa da ajuda dos adultos”, esclarece Saul Cypel.

Fonte: criancas

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos, curso de Excelência no Atendimento e Recepção Clinica em Praia Grande, curso de Contação de Histórias  em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Cuidador de Idosos em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos.

Estimulação a criatividade

O estímulo, além de contribuir com a construção da rede neural, capacita a criança a usar o que ela aprendeu para criar coisas novas, e usá-las em novas situações. A estimulação tem que fazer parte do mundo da criança. Ela não pode ser realizada isoladamente, e tem que estar de acordo com a etapa do desenvolvimento na qual a criança se encontra, proporcionando-lhe meios que a permitam descobrir novas experiências. Quanto mais coisas a criança vê, ouve e faz, mais ela deseja ver, ouvir e fazer.

A relação dos pais com o bebê é o que mais auxilia o desenvolvimento das habilidades dos pequenos. Você também pode estimular seu filho desde o nascimento cantando, conversando, movimentando, brincando e explorando. Experimente fazer, sem exagero, alguns dos exercícios a seguir com seu filho. Além de estimulá-lo, você também estará intensificando o tão importante vínculo afetivo entre vocês.

Cursos profissionalizantes em Santos com excelentes professores. Curso de Berçarista em Santos, curso de Recreação em São Vicente, curso de Estimulação em Santos,

Fonte: spiner

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos, curso de Excelência no Atendimento e Recepção Clinica em Praia Grande, curso de Recepção Clinica Hospitalar em Santos, curso de Cuidador de Idosos em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Copeira Hospitalar em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

Berçário, babá ou avó?

A licença-maternidade está chegando ao fim. E a mãe precisa decidir com quem vai ficar o bebê. Babá, avó ou berçário? Os especialistas têm opiniões diferentes sobre a opção ideal, mas concordam em dois pontos. O primeiro é que a mãe deve se preparar para essa separação, também denominada transferência de cuidados, mesmo que por algumas horas, a uma outra pessoa. O segundo é que, seja qual for a decisão tomada, não precisa ser definitiva. Ou seja: se não deu certo, pode-se rearranjar tudo.

No berçário

A lista de profissionais de um bom berçário tranqüiliza as mães. Segundo os pediatras, “Mãe que decide colocar no berçário tem de ter cabeça de berçário”. É sempre bom ter um acompanhamento pediátrico para tomar os cuidados necessários. E, o principal, orientar corretamente os profissionais do berçário e saber perguntar.

Com a babá

A babá tem muita importância, porque é alguém estranho que vai conviver com todos e ser responsável pelos cuidados com o maior bem da família: os filhos. Em muitos casos dá certo. Segundo psicólogos, uma das maiores dificuldades dessa estranha relação é não compreender que babá é uma profissão e, como tantas outras, exige treinamento e vocação. E ela não substitui ninguém. Está lá para apoiar a família e seguir suas indicações. O profissionalismo é a primeira regra. Saber diferenciar manha de dor, saber se é febre, diarréia, vômito, se está engasgada. E estar disponível em vários sentidos. Ter paciência e gostar muito do que faz.

Com a avó

Assim como a babá, a avó permite à criança viver uma rotina dentro de casa e criar vínculos. “Mas, dependendo do caso, a avó muitas vezes não agüenta mais fisicamente a energia de uma criança”, alertam psicólogos. “Há para ela dificuldade em pôr limites e não tem mais o mesmo grau de agilidade. A biologia diz: é tempo de ser avó. Não dá para correr, agachar, etc.” A avó encaixa-se em um outro ponto: o plano B. “Ela é perfeita para o caso de a criança ficar doente e ter de ficar em casa, por exemplo.”

Fonte: crescer.globo.com

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos, curso de Recepção Clínica Hospitalar em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Cuidador de Idosos, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos. Cuidador de Idosos; Faculdade de Saber; Cursos profissionalizantes.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Etiqueta para as crianças

Falar mastigando a comida não pode. Comer de boca aberta, nem pensar. Levantar no meio da refeição sem pedir licença está fora de cogitação. Ensinar seu filho como se comportar à mesa pode exigir paciência – e muita insistência – mas vale a pena. Quando crescer, ele terá desenvoltura para lidar com todo tipo de situação: de jantar romântico até almoço de negócios.

Aí vão dicas de especialistas para que seu filho se comporte bem à mesa sem você perder a calma:

No restaurante
• A criança sempre deve ser servida primeiro
• Leve algum brinquedinho para que ela se distraia enquanto a comida não chega, até quando tiver 5 ou 6 anos. Depois, ela precisa aprender a esperar um pouco
• Não deixe para comer muito tarde, para que ela não fique irritada
• Se a criança se comportar mal no restaurante, não faça escândalo. Diga que,
em casa, terão uma conversa séria – ou vá embora
• Não coloque roupas cheias de babados e fitinhas na manga, porque ela poderá se sujar facilmente. Se isso ocorrer, dobre as mangas
• Prefira as mesas que ficam nos cantos, para evitar confusão em torno da criança

Até os 2 anos
• Nesta idade, a criança ainda se dispersa com muita facilidade e seu prato já deve ser levado pronto à mesa
• Mesmo sendo pequena, ela deve aprender que nem tudo pode ser comido com as mãos

Aos 3 anos
• Os pais podem começar a oferecer o garfo no lugar da colher
• Troque o prato infantil por um fundo
• Aproveite para ensiná-lo que não se deve ficar batendo os talheres na mesa

Aos 4 anos
• A faca, sem ponta, já pode ser oferecida. Comece estimulando seu filho a cortar alimentos moles, como batata
• Ensine-o a usar a faca, e não o dedinho, para empurrar a comida até o garfo

Aos 5 anos
• Quando a criança estiver usando o garfo com mais habilidade, deve-se substituir o prato fundo pelo raso
• Com esta idade, ela já consegue ver a mesa de cima e não precisa mais de cadeirão

Aos 6 anos
• Troque o copo de plástico pelo de vidro, mas supervisione tudo para que não ocorra nenhum acidente
• Encha o copo apenas até a metade

Aos 7 anos
• Você já pode ensinar seu filho a colocar a mesa corretamente: facas do lado direito do prato, garfos do esquerdo, e assim vai…

Fonte: crescer.globo.com

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Lactarista em Santos, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Copeira Hospitalar em São Vicente curso de Recepção Clinica em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos.

Cursos Profissionalizantes em Santos, Curso de Cuidador de Idosos, Curso de Copeira Hospitalar, Curso de Lactarista, Curso de Babá, Curso de Recepção Clinica Hospitalar, Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe, Escola Faculdade do Saber

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/fasabsantos

Pinturas

Como BRINCAR

Tente encontrar uma criança que não goste de desenhar e colorir. Algumas podem passar horas com lápis coloridos na mão desenhando, pintando e imaginando histórias neste mundo particular. Por isso, deixe sempre disponível e ao alcance das crianças folhas de papel e material para colorir.

Aproveite para passar um tempo com o seu filho e solte a criatividade com lápis de cor, tinta guache ou giz de cera. Uma sugestão interessante para fazer quando as crianças são pequenas é forrar uma parte da parede do quarto com folhas de papel e deixar que eles usem e abusem das cores nos desenhos.

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Babá em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Copeira em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos. Curso de Recepção Clinica

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/fasabsantos

Sugestões para brinquedos de acordo com as idades

0 a 3 meses – Chocalhos com sons suaves e diversificados, móbiles diversos, de madeira colorida e que produzam sons, quando balançados.
3 a 8 meses – Bichos de látex bem macios, João Bobo com guizos, bolas de plástico ou bichinhos bem moles, que possam ser mordidos.
8 a 15 meses – Brinquedos de encaixa com pinos redondos e coloridos, brinquedos de puxar ou empurrar com cores, jogos de encaixar de plástico ou madeira
15 meses a 2 anos – Jogos de encaixar ou empilhar, de plástico ou madeira. Bate-estacas para aperfeiçoar a coordenação motora e descarregar a agressividade, instrumentos de percussão ou de sopro simples (tambor, xilofone, cornetinha, gaitas), trem com pinos coloridos, livros de pano ou plastificados.
2 a 3 anos – Caixas de formas, Jogos de encaixar ou empilhar, de plástico ou madeira, caixa com chaves e formas diversas para a coordenação motora, trem com trilhos desmontáveis, quebra-cabeças simples, brinquedos para aprendizagem das cores, brinquedos de armar simples.Brinquedos com peças que podem ser aspiradas ou engolidas são proibidos para menores de 3 anos.
3 a 5 anos – Números de encaixes para associar números e quantidades, jogos de armar para incentivar a criatividade, carros e conjuntos desmontáveis, coleções de bichos diversos, material para modelagem.
5 a 7 anos – Jogos para a coordenação motora fina, cartilha mágica, blocos lógicos para matemática moderna, teatro de fantoches, quebra-cabeças mais complexos,conjuntos para pequena cozinha, jogos de competição e agilidade mental, computador elementar.

Fonte: miranda

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recepção Clinica Hospitalar em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Cuidador de Idosos em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Cuidador de Idosos em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos.

Algumas brincadeiras para Recreação Infantil

Confira algumas de nossas brincadeiras e gincanas. São utilizadas tanto nas festas infantis, animação infantil, animação de festa infantil ou recreação infantil, festas em domicílios, festas nas empresas, shoppings, parques, escolas.

Seu Lobo;

Um jogador é escolhido para ser o “Lobo” e depois ficará isolado. Os demais caminham na direção do “Lobo”, cantando a seguinte música: “Vamos passear na floresta, enquanto o Seu Lobo não vem”. Quando os demais estiverem perto do “Lobo” é feita uma seguinte pergunta: “Tá pronto Seu Lobo?”. Se o lobo estiver tomando banho, escovando os dentes,  almoçando, vestindo-se e enfim ocupado. Os demais participantes se distanciam, voltam a cantar e faz novamente a pergunta .  Dessa vez o “Lobo” não estiver ocupado e falar a seguinte frase: “To pronto” , os participantes deverão  correr do “Lobo” e se for pego  será um novo “Lobo”.

Gato e Rato:
Os jogadores estarão espalhados pelo espaço sentados com as pernas  estendidas . O pegador  será o “Gato” e o fugitivo é o “Rato”. Ao sinal do recreador começa a brincadeira, o “Rato” deve fugir  e o “Gato” conseqüentemente deve pega-lo.  Quando o Rato estiver fugindo e encostar  na cabeça de alguém que estiver sentado, essa  pessoa vai levantar e virar o “Gato” ou seja há uma troca de papéis.

Corrida dos Sapatos:
Jogam duas equipes  que estarão cada um dentro de seu círculo. Todos os participantes sairão de seus círculos , tiram seus calçados e colocam em um local pré-determinado. Depois, todos os descalços voltam ao seu respectivo círculo. Na palavra: “Já!!!!!!!!!”, os jogadores deverão correr, achar seus pares de sapatos, calçá-los e retornar ao seu campo. Ganha a equipe que se completar primeiro.

Arranca – Rabo:
O grupo é dividido, os integrantes de um dos times penduram um pedaço de fita na parte de trás da calça ou bermuda, serão fugitivos . Ao sinal do recreador, os fugitivos correm tentando impedir que as crianças do time adversário peguem suas fitas, quando todos os rabos forem arrancados , as equipes trocam de papéis, quem era pegador vira fugitivo.

Gruda Aranha

Um pegador (aranha) no centro de um círculo formado pelos outros fugitivos (mosquinhas). Ao sinal do monitor que gritará “GRUDA ARANHA”, as moscas devem fugir até um local pré-determinado e a aranha deve tentar pegá-las. As moscas que forem pegas transformar-se-ão em aranhas também (pegadores). É considerada a “mosquinha” campeã, a ultima a ser pega.

Corrida Pô Divisão por duas equipes, posicionadas em colunas e em lados opostos da quadra (pontos “A” e “B”). O campo de jogo é delimitado por uma linha, por exemplo: Ao sinal de início, o primeiro de cada equipe deve correr sobre a linha na direção do adversário até que ambos se encontrem frente-a-frente. Uma rápida partida de “Jó-quei-pô” é disputada. O perdedor volta para trás de sua fila e o vencedor continua correndo sobre a linha, na direção da outra equipe, até encontrar o segundo integrante adversário (que também virá correndo na sua direção) para, novamente, disputar mais uma partida. Quando um integrante (da equipe “a”, por exemplo) chegar até o ponto “b”, este marcará um ponto para sua equipe. Pode-se variar e enriquecer o percurso da corrida, com obstáculos, curvas etc.

Jóquei-pô-gigante

Divisão por três equipes, formando um triângulo de modo que cada equipe fique de frente para as outras. A cada rodada as equipes escolherão um símbolo, que são “caçador”, “leão” e “espingarda”. O monitor dará um tempo para que a equipe escolha em símbolo e ao seu sinal as equipes, que estavam de costas uma para as outras escolhendo em segredo seu símbolo, irão se vir num pulo fazendo a representação de cada símbolo mostrada pelo monitor no momento da explicação.

Obs. Lembrando que o “leão” ganha do “caçador” que domina a “espingarda” que mata o “leão” e assim por diante.

Cabo de Guerra:

Dividir as equipes em números iguais e ao centro da corda demarcar com um lenço, um metro de um lado e um metro do outro lado será o limite para verificar qual equipe irá ganhar, dado o sinal pelo recreador as equipe irão colocar toda força possível, vence a equipe que conseguir puxar a corda com toda a equipe para seu campo primeiro.

Fonte: tiopicole

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recreação em Santos, curso de lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Cuidador de idosos em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar e Libras em Santos, curso de Recepção Clínica Hospitalar em Santos, curso de Planos e Projetos Pedagógicos em Santos.

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/fasabsantos

O Orientador na Sala de Aula

O orientador pode contribuir com a formação do aluno em sala de aula, ajudando em questões de aprendizagem e discutindo a gestão de conflitos…

Na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, a entrada do orientador em sala pode ser o momento da rotina para tratar de temas sensíveis ao grupo. As conversas mais comuns geralmente giram em torno de acontecimentos que mobilizam os alunos, como a chegada ou  a despedida de um colega, a substituição do professor ou a preparação para uma atividade extraescolar, como um passeio ao zoológico ou a visita a um museu.

Em algumas escolas, a orientação realiza semanalmente uma roda de conversa com os alunos e professor. Essa pode ser uma boa oportunidade para escutar as demandas da turma, analisá-las e resolver coletivamente os conflitos que surgem. É importante que o orientador faça uma parceria com o professor para que ele compreenda essa intervenção como potencializadora do trabalho educativo que é realizado. Quando interfere de modo inapropriado ou sem a anuência do docente, o orientador pode transmitir aos alunos a impressão de que o professor é inábil, e ele, o detentor do saber.

O fundamental é que os conteúdos – procedimentais ou atitudinais – tratados nas atividades propostas pela orientação em sala de aula se materializem em ações concretas. A circulação da palavra é importante, mas ela não garante, por si só, a transformação da realidade que preocupa. O orientador educacional precisa ajudar os alunos a planejar e executar ações que colaborem com a resolução dos problemas que afetam a qualidade da aprendizagem assim como das relações sociais vividas na escola.

Fonte: Revista Nova Escola – Gestão Escolar p.14

Curte a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recepção Clinica em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Lactarista em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

Ler para o bebê aumenta vínculo entre mãe e filho

Um estudo feito com 116 famílias no Montreal Children’s Hospital, no Canadá, e publicado no Journal of Developmental and Behavioral Pediatrics, mostra os benefícios da leitura para as crianças já nos primeiros dias de vida: aumenta o vínculo com os pais, tem efeito tranquilizador e ajuda no desenvolvimento cerebral.

Conduzida com pais de bebês internados na unidade de tratamento intensivo, a pesquisa apontou que a situação estressante de ir para casa sem o recém-nascido pode dificultar a ligação entre os pais e a criança. Mas o simples ato de ler um livro em voz alta para o bebê facilita essa aproximação.

De acordo com o relatório, a leitura traz benefícios para toda a família: 69% dos pais sentiram-se mais próximos dos filhos, além de ter a sensação de controle, intimidade e normalidade – mesmo no ambiente hospitalar. Para os bebês, a voz dos pais tem efeito tranqüilizante. “É como se fosse um acalanto. Você está embalando seu filho com palavras”, diz Ilan Brenman, escritor e doutor em educação, que coordenou o projeto Biblioteca viva em hospitais, da Fundação Abrinq, em hospitais de todo o Brasil no início dos anos 2000.

O contato cedo com os livros também ajuda no desenvolvimento da linguagem e facilita, no futuro, a criança aprender a ler. Além disso, a qualidade dos sons que o bebê ouve afeta o funcionamento da audição e a linguagem usada nos livros geralmente é mais rica do que a linguagem do dia a dia. “Ao ler, usamos voz, ritmo e tom diferentes da conversa diária. Isso prende a atenção da criança e, mais para frente, chega na formação do leitor”, completa Brenman.

Fonte: globo.com

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista em Santos, curso de Excelência no Atendimento em Praia Grande, curso de Recepção clinica em Santos, curso de Recepção clinica hospitalar em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Lactarista em Cubatão, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos. Curso de Inclusão escolar Cuidador de Idosos. Faculdade do Saber

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

CURTE A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

ENDEREÇO DA FACULDADE DO SABER!!!

Detalhes da localização no mapa da google em nosso site: www.faculdadedosaber.com.br

Curta a nossa página no facebook:

https://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Mais detalhes pelo telefone: (13) 3227-4312 – 98170-5081

AVENIDA PEDRO LESSA, 3076 – CONJUNTO 42 no 4º ANDAR
PERTINHO DO CANAL 4 e DO HOSPITAL GUILHERME ALVARO.
TELEFONE: 13- 3227-4312 E 13- 981705081