A importância do brincar

Reunimos algumas recomendações de especialistas sobre as brincadeiras mais adequadas para cada faixa etária. O desenvolvimento infantil é individual, mas as crianças passam, cada uma a seu tempo, pelas fases abaixo. Todas as atividades devem ser desenvolvidas sob supervisão de um adulto e nos ambientes adequados.

Até os 2 anos
Nesta fase, a brincadeira tem que estimular os sentidos. Correr, puxar carrinhos, escalar objetos, jogar com bolinhas de pelúcia são atividades recomendadas.

3 a 4 anos
Começam as brincadeiras de faz de conta. As crianças respondem a brincadeiras de casinha, de trânsito, de escolinha e de outras atividades cotidianas.

5 a 6 anos
Os jogos motores (de movimento) e os de representação (faz de conta) continuam e se aprimoram. Surgem os jogos coletivos, de campo ou de mesa: jogos de tabuleiro, futebol, brincadeiras de roda.

7 anos acima
A criança está apta a participar e se divertir com todos os tipos de jogos aprendidos, mas com graus de dificuldade maiores.

Fonte:

Curta a nossa página no face:

http://www.facebook.com/pages/Faculdade-do-Saber/300331506651141

Cursos Profissionalizantes. Curso de Berçarista e Auxiliar de Classe em Santos, curso de Excelência no Atendimento e recepção Clinica em Praia Grande, curso de lactarista em Santos, curso de Copeira Hospitalar em Cubatão, curso de Copeira Hospitalar em Santos, curso de Lactarista em Itanhaém, curso de Lactarista em Santos, curso de Contador de Histórias em Guarujá, curso de Cuidador de Idosos em Santos, curso de Inclusão Escolar em Santos.

Siga-nos no twitter: www.twitter.com/fasabsantos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>